domingo, 20 de setembro de 2009

Chocolate

Nos últimos meses estive, e ainda estou, às voltas com meu novo universo. Um doce universo, diga-se de passagem.

Por conta disto, e de toda a mudança ocorrida, tenho passado por um turbilhão de sensações. Uma transformação, por assim dizer. Os altos e baixos normais pelos quais passam as pessoas quando alteram o eixo da própria vida. Alteram para seguir com melhores ventos, posso afirmar.


Hoje, alternando canais na televisão, dei de cara com um filme que há muito gostaria de ter assistido, mas por preguiça ou mesmo porque talvez este fosse o momento propício, não o tinha feito.




Ventos do Norte que levam mãe e filha a lugares desconhecidos para curar quem necessite. De déu em déu vão dar numa minúscula vila onde a hipocrisia reina. Coincidência com outras paragens. Será? Não vou contar o filme, vale a pena assistir se você como eu, enrola horrores! Ha ha ha!


Acabei sem querer fazendo um paralelo com meu momento, acho que os filmes também servem para isto. Não que eu seja uma chocolatier, adoraria, mas ainda não é o caso.

Os doces, ou chocolate, é que devem ter vindo parar em minhas mãos, por um estranho vento do Norte (América do Norte??? Risos!). Hão de curar-me! E ainda vou descobrir de quê! HAHAHA!!!

Uma boa semana a todos!

2 comentários:

Marcia Ligere Pereira disse...

Hey, vc sabe que tem um porto seguro aqui na America do Norte pra se lambuzar de chocolate, nao sabe?! E de preferencia Lindt! =)
Beijos, Ma

Sarah Abreu disse...

HUm... sabe que a idéia não é má! Rsrsrs! O problema é o frio! brrrrr
Saudades de vcs!